• Início
  • Cursos
  • Mestrado em Ensino de Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário

Mestrado em Ensino de Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário

Apresentação

O curso de mestrado em Ensino das Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário da Universidade Lusófona, com o conjunto de unidades curriculares que oferece, qualifica os estudantes para o exercício da “profissionalidade” docente, proporcionando e atualizando conhecimentos nas áreas científica, didática e sociocultural, contribuindo para uma reflexão fundamentada e crítica sobre teorias e práticas educativas no domínio das artes e cultura visual.

Razões para frequentar este curso

  • Aquisição de habilitação profissional para a docência no domínio das Artes Plásticas e atualização de conhecimentos numa área que vem sofrendo uma enorme mudança com a revolução tecnológica e a investigação pedagógica e didática.
  • Estrutura curricular consistente, com enfoque na formação educacional, no conhecimento disciplinar através de didáticas específicas, na investigação e na prática profissional através de parcerias com escolas públicas e privadas.
  • Corpo docente constituído por especialistas e investigadores em educação e ensino das artes, trabalhando em estreita cooperação.
  • Passagem de consumidores passivos de conhecimento a produtores ativos, pela participação em seminários, workshops e conferências.
  • Boas condições materiais e de equipamento; acesso à internet, centros de recursos multimédia de documentação e biblioteca.

Grau | Duração | ECTS

Mestre | 4 Semestres | 120 ECTS

Condições de Ingresso

De acordo com o Regime Jurídico de Habilitação para a Docência (DL nº 79/2014, de 14 de maio), as condições de acesso ao ciclo de estudos são, cumulativamente, as seguintes:

  1. Ser titular de habilitação académica superior;
  2. Ter realizado 120 ECTS na área científica de Artes Visuais, podendo candidatar-se com 75% dos créditos exigidos;
  3. Demonstrem o domínio oral e escrito da língua portuguesa atestado através de critérios de avaliação definidos pela comissão científica.

Critérios de seriação: